sábado, 3 de março de 2012

Vôos...




Perco-me nas asas que me tingem o corpo, a alma, o sangue...
 A fome e a sede...
De perder de vista a contagem ao tempo que sorvo em tragos aveludados,
em cada golfada de ar quente que me reveste o ser...

12 comentários:

Gadreel disse...

TU...no teu melhor...


beijo

DoiSaboresELA disse...

Perdes-te e (re) encontras-te...
Beijos

foxos disse...

ler-te é uma lufada de ar fresco :)

Gosto! Mesmo

Moi disse...

Um voo cheio fome em ser...
Um voo sobre ti mesma nas asas do vento...
Um voo solitário de mãos dadas com a vida...
Um voo sem tempo...






Beijo inspirado (nas tuas palavras)

Stargazer disse...

Bom ler-te (again)

Beijo (saudoso)

:)

soft_inblue disse...

Livre para voar...mas não o suficiente para não querer voltar.
Saudade...(?)


(imagem lindíssima!)

beijo suave

Libertya... disse...

Gadreel,

Gosto de te ver por aqui... Grata!

Beijo Libertyo

Libertya... disse...

DoiSaboresEla,

E sabe tão bem às vezes...

Beijos x 2

Libertya... disse...

Foxos,

Gosto de te saber a ler-me... é reciproco o gosto! Mesmo.

Beijo!

Libertya... disse...

Moi,

Um vôo libertyo... de tudo o que me compõe, prende e solta na vida...

Beijo levado, até ti.

Libertya... disse...

Star,

Bom ter o teu rasto de cometa por aqui...

De Volta (again)

Beijo, doce

:)

Libertya... disse...

Soft in Blue,

Precisamente! O ser que é livre acaba sempre por voltar ao seu refúgio...

Beijo libertyo