quinta-feira, 6 de agosto de 2009


Vens com essa voz meiga e doce...Baixinho no meu ouvido... Sorrateiro como Lobo que se mostra conhecedor na noite...

Vens com a tua doçura me envolver e o meu desejo acender... Tiras-me o tino... A compustura... Roupa ou candura...O lado animal começa a surgir... O teu toque no meu corpo começa-me a fazer explodir.... A tua lingua quente no meu intimo mostra-se sedenta de ardor...Provas o meu sabor... Sentes o meu calor... Quero o teu na hora em que a pureza se perdeu...As tuas garras revelam-se amarras que me prendem em cordas invisiveis e arrepios previsiveis de quem sabe seduzir... Queres-me ouvir a pedir.... Continua...

Viras-me e enfeitiças-me... As tuas mãos procuram os meus encantos enquanto o teu sexo invade os meus recantos... Humidos de prazer...Os de te sentir e ter...

Investes em mim já sem voz terna,a noite mostra-se efémera, a vontade fala pelos nossos corpos a arder...Sinto-te dentro de mim e sei que me vou perder...

Despedes o lado doce assim que me vês ficar louca quando ouves a minha voz rouca pedir por mais...Com força, com loucura...Não tolero mais doçura...Quero a tua essência pura...

Quero mais...Sinto o teu corpo a suar... Sentes a minha entrega, a regra que se quebra,sentes o meu corpo a tremer,a menina mulher que se mostra rendida mas que sabe bem o que quer...

O teu uivo,a tua falta de controle,a tua natureza animal, o teu prazer carnal... O meu está nas tuas mãos...Sabes levá-lo como ninguém..O meu ponto de ebulição está sincronizado no teu prazer estampado... As minhas coxas prendem o teu calor bem dentro... Está quase o meu momento...O teu...

Pedes, ouves, sentes o meu orgasmo.. Encostas a boca no meu ouvido e sussurras no timbre certo... Agora é o meu... E como lobo que se revela na noite,mostras-te,sinto-te,tenho-te todo dentro de mim...E o teu orgasmo vem... Sinto-o como avalanche que não se detém na sua força...

Num misto de areia e luar sinto o teu corpo arrepiar... Lobos que se amam na noite..Sem pudores...Apenas vontades,luxurias e sabores...

16 comentários:

BlackQuartzo disse...

Orgasmos susurrados em gemidos (in)contidos.

Momentos disse...

Quente quente quente. E uma descrição bem sentida por aqui ;) bjo

Cris disse...

Luxúria,muita vontade,luxúria e sabores. Fiquei,és capaz de imaginar como fica uma mulher.
Já estou melhor,obrigada,agora é com o tempo,tudo voltará ao lugar.
Um beijo

▒▓█► JOTA ® disse...

ºº
Deixa-me dizer-te um segredo. Posso? Mas posso mesmo?

Bjo sem pudores rs

Princesa disse...

O tempo não espera por ninguém...

Ontem é história.

O amanhã é um mistério, o hoje é uma dádiva,

por isso é chamado de presente.

Um beijo

Azael disse...

Posso entrar?

...Vive o dia como se fosse o último da tua vida! Lobos, Lua (Deusa), areia, corpos famintos...que poção mágica escaldente! Que bom Inferno! Fica bem!

Abraço Infernal:Lust

a magia da noite disse...

amar o corpo é conjugar todos os sentidos, misturá-los com o prazer dos sabores e devorar a loucura que abrasa os corpos.

Romeu disse...

Luxuria ummmmmmm quanta imaginação assim me pões doido imagina o quanto adorei.
Obrigado pela visita
um beijo

Lalisca disse...

Belissimo...


beijos

(a música é demais;))

Lalisca disse...

:)

meus instantes e momentos disse...

passando rapidinho, só para te desejar um ótimo final de semana...
Maurizio

desejo disse...

Adorei este texto, este momento.
As palavras, os toques, os orgasmos que todas as mulheres e homens sentem, quando vivem em sintonia estes prazeres.

Man disse...

Como de esperar, quente... muito quente!! ;)

Beijo

Penumbra disse...

Fantastico...


Beijo

zafnathpanea disse...

acho estes teus momentos sempre tão perfeitos... em intensidade... em paixão... em tudo! correndo o risco de banalizar, mais um suspiro...

bjs

Libertya... disse...

Zafnathpanea,
nunca banalizas... suspira... Libertya...
bjs