quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Gotas...


Misto de quente do desejo e gelo da chuva,
numa rua que se mostra nua
dois corpos que se fundem em perfeita simbiose...
Almas mundanas que se revelam profanas,
entregues a prazeres e sevicias
que alimentam as mais puras delicias
de sentidos apurados em odores inalados...
Gotas de chuva que se entrelaçam com as de suor...
As que escorrem dos corpos que se conhecem de cor...
Vontades imperdoáveis em fragâncias quase palpáveis,
Luxurias que perduram em corpos que flutuam...
Insanidades cometidas por almas vividas
que se enfrentam e designios fomentam
em cantos perdidos,ardores sentidos
numa dança a que o mundo encanta...
Entrega sem precedentes...Corpos ardentes...

8 comentários:

Luna disse...

Ultrapassar os limites numa insanidade perfeita.
Então, os corpos que já não obedecem, num ritmo próprio e autónomo.
E assim se esgotam as gotas...
Bj

Marcio disse...

Corpos e almas envolvidos pela paixão.
Lindo.
Beijos,

Secreta-Mente disse...

É tão bom quando nos entregamos assim ao sexo. Sem reservas. Sem tabus.

Azael disse...

....as brasas da vida são essas mesmas! flamejantes e sensoriais!


Abraço Infernal:lust

Luxúria sentida... disse...

Luna, o corpo esgota as gotas, o desejo faz com que elas se renovem...
bjs de luxo

Luxúria sentida... disse...

Marcio,
a paixão do momento ganha tantos contornos,sabores e prazeres como os que ele mesmo detém.
bjs de luxo

Luxúria sentida... disse...

Secreta-Mente,
Existe melhor na vida do que o sexo sem tabus?
bjs de luxo

Luxúria sentida... disse...

Azael,
as brasas da vida misturam os opostos, assim a chama vai ardendo, sempre!
bjs de luxo