sexta-feira, 17 de julho de 2009

Desconhecido...


Depois de mais um dia dificil e cheio de reuniões, Sara regressara a casa sozinha. Tomou o seu duche e comeu qualquer coisa mas o cansaço era demasiado,a solidão também,e acabou por adormecer cedo. Estava um calor abrasador naquela noite, e horas depois, mesmo a dormir sentiu um arrepio bom na espinha, como um passar de dedos na pele muito ao de leve, que foi descendo pelo seu corpo desnudo. Meio inconsciente ainda,começou a sentir um toque um pouco mais forte,um quente molhado na pele.Pensou estar a sonhar quando a boca dele foi subindo até ao seu pescoço e sentiu a sua respiração. Assustada tentou-se virar mas nao lhe foi permitido. Apenas ouviu uma voz rouca no seu ouvido a murmurar para que não tivesse medo...

Foi tocando em cada parte do corpo dela como se o conhecesse desde sempre,descobrindo-lhe os pontos fracos com as mãos. Foi perdendo tempo nos mais vulneráveis com a lingua,alternando entre beijos doces e leves e mordidas de ardor e mãos mais firmes. Sara foi perdendo as forças sem sequer pensar no facto de ter um mero desconhecido a explorar-lhe o corpo,estava a saber levá-la... Quanto mais ele descia com a boca mais ela se soltava,deixando que ele fosse abrindo as suas pernas com mestria,deixando antever o seu intimo já sedento da sua boca,toda ela ardia de desejo mas ele não estava para lhe facilitar a vida. Deitou-se em cima dela,fazendo pressão no corpo dela contra os lencóis,segurando-lhe as mãos acima da cabeça,deixando-a subjugada à sua vontade.

Virou-a e fez questão de lhe sussurrar de que as mãos dela não deveriam de sair do lugar onde as deixara. Concentrou-se nos seios dela,lambendo e mordendo na dose certa,deliciando-se com cada gemido que ela tentava abafar mas que começavam a ser dificeis,antevendo o que viria a seguir.Abriu-a com o seu movimento denunciador, e ao passar a mão nas suas pernas suaves e cuidadas,ela sentia a força dele a crescer a olhos vistos com uma rijeza mais que notável. Sabia que ele estava a gostar de a ter em seu poder,e ela vibrava por estar a ser alvo do seu intuito. Parou nas virilhas e sentiu que ali podia brincar,deixá-la doida, pô-la impaciente e ansiosa pelo momento em que iria provar o seu sabor quente.Quando sentiu que a castigara um pouco mais, passou a lingua no seu botão de rosa,e ela gemeu...

Foi sedutor,sabedor no lamber,chupou o seu sêr,arrancou suspiros,tremores,e quando introduziu os dedos no seu intimo sentiu-a fraquejar ao ouvir a sua respiração arfar,a contorcer-se de prazer,enquanto sorvia o liquido agri-doce que do seu intimo jorrava. Ela ia gemendo à medida que ele ia intensificando o vigor da boca àvida do seu sêr e acelerando o ritmo dos dedos dentro dela,numa entrega sem precedentes.O cheiro da pele dela, a sua submissão deixava-o louco,querendo e quase exigindo o orgasmo dela sem pensar no dele,queria que a sua fonte de prazer explodisse na boca dele....

Ela tirou as mãos do lugar puxando por ele,quase implorando, não era a altura. Ele foi subindo ainda com a boca quente e molhada do leite dela,e entre beijos e provas de sabor,pô-la a jeito e entrou dentro dela....Sentiu a força dele no seu interior e perdeu-se. Deixou que ele comandasse,como o fizera desde o principio,mas só até ela querer e o fazer crer que mandava.Não havia subditos ou mestres a tempo inteiro,a sua hora pay back havia chegado.Sentou-se em cima dele e sorriu. Foi cavalgando a força dele a seu bel prazer,e a cada vez que o sentia mais entregue mais ela se vingava. Parava por momentos,usava movimentos suaves,e retomava a investida em cima dele com vontade,selvagem quase,sentia-o a perder o controle,e o feitiço virava-se contra o feiticeiro.

Deitou-a no lençol e penetrou-a por trás. Sentiu o arrepio que dela saiu,o gemido extremo de prazer ouviu,e nela investiu. Entre beijos e caricías,estocadas fortes e doces no intimo dela,entre uma mão dele nas nádegas que a fazia deitar-se e subjugar-se cada vez mais e dar-lhe a sensação de poder, e outra que a abraçava ela gritou de prazer quando atingiu o orgasmo... Ele pouco mais aguentou,e teve o dele dentro dela,inundando-a de um calor forte e espesso.

Os corpos de ambos ali ficaram,envoltos em suor e leites misturados,prazeres e sabores trocados,numa noite quente, em que um desconhecido lhe revelou o prazer...

17 comentários:

Luxuria disse...

O teu espaço tb é lindo



Beijo de luxuria

Momentos disse...

Com tua permissão...linkada. E deliciado na leitura deste post. ;) beijo

BlackQuartzo disse...

Noites quentes de verão que virão...


beijos

Insana disse...

oi anjo! obrigada pela visita e pelo comentário. Algumas pessoas ñ entendem (o post) e acham q estou generalizando rssrs.Mas ali está apenas a minha opinião e de algumas amigas. Não quer dizer q todos tenham q concordar né? rsrs Mas vc entendeu bem o q que falei. E é mais uma a se juntar ao côro q: TAMANHO Ñ É DOCUMENTO! rsrsr.Bjs e volte sempre. Pois voltarei aqui! Este seu post me fez "viajar...." ai ai ai.... beijão.

1manview disse...

Muito quente, muito erótico ...

PEKADUS disse...

Oi..

hot..hot..hot..

adorei..

Bjo em ti..

pekadus

DocePecado disse...

REVI-ME ! ADOREI ! PARABENS

Helô Müller disse...

Amiga !
Serei sincera... Tentei ler o texto todo, que aliás me pareceu apetitoso por demais, mas não consegui devido as letrinhas estarem escuras demais aos meus precários olhinhos!! rs Mas voltarei até conseguir completar a leitura...ou esperarei por letrinhas mais clarinhas!! Velhice é uma mierda, fazer o quê, né?!rs)
Mas sou uma vovó gostosinha ainda e doidinha por um lobo mau que me coma todinha !! rs
Beijos e obrigada pelo seu carinho lá deixado!
HelÔ

Lalisca disse...

Quente...muito!

beijo

oToupeiraX disse...

Muito bom. Nada como explorar o "desconhecido"...

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

Agradeço os comentários.

Sabes qual é o mais raro de todos os luxos? A privação !!

Bjo___calçado

Luxúria sentida... disse...

Luxuria,agradeço a tua visita a este cantinho novo,espero que gostes.
Bjs de luxo

Momentos,toda!!! Fico contente que tenhas gostado,será um prazer receber a tua visita.
Bjs de luxo

BlackQuartzo,o Verão é propicio... obrigada pela visita!
Bjs de luxo

Luxúria sentida... disse...

Insana,entendi sim,e adorei a forma como abordaste o tema.obrigada pela visita.
Bjs de luxo

1manview,tens magia nas palavras.obrigada pela visita.
Bjs de luxo

Pekadus,muita força...
Bjs de luxo

Luxúria sentida... disse...

Hello Muller,já aumentei,tinhas toda a razão,obrigada pela vistita e dica.
Bjs de luxo

Lalisca,sê bem vinda!agradeço a visita.
Bjs de luxo

oToupeiraX,o desconhecido gera adrenalina,e nada melhor do que ela...obrigada pela visita.
Bjs de luxo

Luxúria sentida... disse...

JotaEne,não tens de quê. quanto á privação,depende do sentido dado á palavra e ao contexto em que é inserida,e de cada um...
Bjs de luxo

Lobo disse...

Libertei-me neste prazer de te sentir nas palavras!...
Tão bom quando descobrimos o desconhecido... Quando o desconhecido nos dá prazer...

Beijos... :)

Libertya... disse...

Lobo,
liberta-te ao desconhecido... o mistério é apelativo por demais!
bjs libertos... lobo