domingo, 3 de março de 2013

Don't mess with the Devil...

Presunção ou... Constatação?



 
Farpas jogadas,  indiretas atiradas,
 
Desafio lançado, dado rolado,
 
Bocas entram em contacto, duelo travado,
 
Nunca jogo a perder....  Já devias de saber...
 
Sorriso safado o  meu, tremer do corpo o teu,
 
Gozo no jogo, prazer no sabor e saber,
 
E qual cobra sinuosa sob sua presa me deliciei....
 
Ouvi, senti,
 
No teu blafesmar  vi o teu esgar,
 
No teu pulsar a vida encheu-te~me os sentidos,
 
calou as tuas palavras por momentos e soltou os teus abafados gritos,
 
e à minha boca, lábios, língua  sucumbiste...
 
Ofegante... Estasiado..
 
Balbuciaste algo, que me tirou o chão, e com o  meu
 
geitinho dengoso aninhei-me... em ti, no teu abraço.
 
Esperei a tua respiração voltar ao ritmo normal...
 
 
Momentos depois sussurrei-te  ao ouvido,
 
Again?
 
My turn now... or not!
 
Libertya....
 
;)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

6 comentários:

Eros disse...

Realização! :)

Moi disse...

And life is a twist... let's rolling again!









Beijo em ti, darling

Ulisses L disse...

Vitoriosa...

:)

Black Sun disse...

tens feito falta por estas bandas...

beijo

-___-

Pedro M disse...

What can I do?
It's such a temptation...

Burning kisses!!

Ksal Sulamericano disse...

Poesia muito boa e fotografia incrível. Parabéns pelo blog! Seguindo vc... Bjs Ksal Sulamericano.