domingo, 18 de julho de 2010

Arrepio...

Chegas sem palavras, apenas olhar...Toque unico, o que me faz desconcentrar...Mão tua que me toca...Olhos meus que se esforçam para não fechar já...Como que a pedir o toque seguinte... Lábios teus que provam os meus, beijo esperado...Como é degustado... O que acompanha o descer da tua mão rumo à cintura, num puxar doce mas seguro do que fazes...Tremor meu...Cheiro teu, respiração tua, beijo que desliza no pescoço e voz malandra no ouvido... a tua...

Mão que me puxa a blusa despindo-a, desvendando os seios semi-cobertos a negro...Boca que desce em direcção a eles, como quem tacteia terrenos de algodão, mas com acordes sabidos e conhecidos de quem sabe amar... Viajar meu... Olhos fechados, sinto a lingua quente que me vai deliciar... Entre o suave e doce que me desfaz, vem o teu jeito bandido em cada toque cerrado de dentes que me dás, puxando o lado mais agreste meu... Arrepios...

Corpo teu quente que se roça, como que brincando um joguinho de sedução com o meu... Coxas a arder e a pedir o teu sinal, mão tua que desce em recantos meus, já humidos, quentes, mão que entra sem convite em fonte de prazer minha, a que a ti se mostra e o teu toque chama... Dedos que entram, penetram, gemido fraco e imperceptivel...Corpo que treme já...


Viras-me e a réstia de roupa que tenho tiras...Entre o frio da parede e o calor do teu corpo perco-me... Adentras em mim... Gemido que agora ouves... investidas tuas, em saberes e sabores que apenas tu possuis...Lado meu de menina no chão com as roupas, entro na tua dança... Vai e vem que me enlouquece... Boca tua na minha coluna,mão no meu ventre, que sobe em peitos eriçados por arrepios teus... Boca minha que tenta abafar o prazer que não consegue esconder... baixinho larga gemidos, que se intensificam a cada estocada tua... dentro de mim...

Loucura instalada já... Olhos teus que me infeitiçam, corpo que entra em mim possante... na arte do prazer... Pele minha que saboreias a cada gota de suor que me fazes verter... como o liquido que de mim sai em pronuncios de orgasmo anunciado... o por ti puxado... Em cada canto teu que vislumbro, o meu prazer aumenta junto com cada pedaço de ti que em mim entra...Perco o controle, e em voz fraca, peço tudo de ti...

Pele contra pele, o meu orgasmo vem, em ti, às tuas mãos, num arrepio meu, nosso... Pele que se eriça, e o teu... momentos depois... Boca tua em corpo meu, loucura tua que me invade as entranhas com tamanhas façanhas, as minhas, as tuas, as nossas... Arrepio teu... nosso... Avassalador, abraço forte, momento unico... O Teu Culminar...
Corpos estendidos num chão.. começados numa parede, a nosssa... aguçados num sofá, o nosso, terminados num chão, o nosso... Olho para ti... olhas para mim... um beijo nasce... e...

...Libertya...

18 comentários:

L'amant disse...

Lindo e sedutor!
Beijos e boa semana,

LEO disse...

Sempre que entro aqui leio um conto quem me faz latejar!
BJSSS
LEO

Vontade de disse...

Lindo texto Libertya... ardente.

Venus in red disse...

Sabes como ninguém, traduzir o individual em uno...

Transformar o (quase) banal em...
fantástico...


Love to read you!





Basium
(delighted)

El Solitario disse...

que arrepio me causaste agora,,,
sublime!

beijo-te,,,

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
Saudades daqui...

Ulisses disse...

(....)

:)

Ju disse...

Uiiii...arrepeie-me toda:)
lá se foi meu mau feitio:):)lolol

bjo mimoso

Libertya... disse...

L'amant,

Obrigada, é sempre um prazer receber a tua visita.

Beijo libertyo

Libertya... disse...

Leo,

Entra sempre, a Libertya agradeçe...

Beijo libertyo

Libertya... disse...

Vontade de,

Como o momento em si... obrigada!

Beijo libertyo

Libertya... disse...

Vontade de,

Como o momento em si... obrigada!

Beijo libertyo

Libertya... disse...

Venus in red,

Not as much as i enjoy reading you... top of the league for me!

Beijo
(spoiled)

Libertya... disse...

El Solitario,

Há arrepios que valem bem a pena...

Beijo-te,

Com subtileza...

Libertya... disse...

JOTA ENE,

Saudades de te ver por aqui...

Beijo libertyo

Libertya... disse...

Ulisses,

:)))

Hoje deixo-te um beijo, só para variar...

;)

Venus in red disse...

Libertya, Shame on you!

Agora que me afogaste em baba, como serei capaz de me vestir de humildade?!

:))




Basium
(wordless)

Libertya... disse...

Venus in red,

Não precisas, é-te inata...
;)

Beijo
(with every single letter)